Coffee Coin Temos café nas criptomoedas

A cooperativa Minasul e a corretora Stonoex festejam o lançamento do Coffee Coin, primeiro token lastreado em café verde do Brasil

(Imagem: YouTube/Minasul Cooperativa)

A Minasul — uma das maiores cooperativas do mundo em produção de café — vem processando, há cerca de dois anos, um projeto “barter” digital, informado inicialmente no Fórum Mundial dos Produtores de Cafés em 2019.

Na quinta-feira (1º), Coffee Coin passa a ser comercializada, como uma criptomoeda de valor estável — na Stonoex, a primeira corretora especializada em tokenização do Brasil.

Sob o símbolo “COFBR”, o token será o primeiro do mundo a ser indexado diretamente ao valor do quilo de café verde (padrão commoditizado) da Bolsa de Nova York (NYSE).

Coffee Coin é a primeira cripto do setor

Desenvolvido no “blockchain” da Ethereum (com o padrão ERC-20, que permite sua livre negociação), o token chega ao Brasil como um ativo digital com garantia real em café.

No site da corretora, os investidores interessados podem criar sua própria carteira digital e negociar o token COFBR, nos pares, real (BRL) e bitcoin (BTC).

Segundo Ricardo Azevedo, CEO da Stonoex, o lançamento está alinhado com a estratégia da empresa em explorar os tokens como alternativa de negócios para ativos do mercado.

“Investimos muito tempo na modelagem para garantir que nossa plataforma de ‘corporate blockchain’ tenha robustez e um adequado gerenciamento de riscos”

Declara Azevedo

De acordo com Luis Henrique Albinati, diretor de novos negócios da Minasul:
O primeiro criptoativo lastreado em café nasce como uma das stablecoins de maior garantia e credibilidade do mercado brasileiro.

Por estar amparado em uma instituição com mais de 60 anos de experiência no mercado Agro Café, traz segurança nos trâmites da operação, usando a tecnologia blockchain e assim, atendendo aos padrões e regulamentos de conformidade internacional.

Se uma pessoa quer transformar Coffee Coin em reais, vende na carteira digital e fica com o dinheiro. Quem adquiriu Coffee Coin pode trocar este criptoativo por café físico ‘in natura’.

Fonte: MoneyTimes

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.